Curso de Capacitação em Gestão de Resíduos Sólidos 

Planos de

Gerenciamento de Resíduos

Conceitos, Legislação, Definições e sua elaboração

DATA E DURAÇÃO DO CURSO

17/03/2018  e 24/03/2018 de 9h00 às 18h00

Investimento: ​R$ 280*

*Confira os descontos especiais e as formas de pagamento
 

  • Certificado com carga horária de 16 horas/aula*

  • Apostila Digital

  • Acesso a biblioteca com artigos e vídeos temáticos

  • Material utilizado na Aula em PDF.

  • Coffee- Break

*Terão direito a certificado, os alunos que obtiverem o mínimo de 75% de presença.

Alunos de graduação e pós-graduação, Profissionais de nível médio, técnico, superior e pessoas interessadas em adquirir conhecimento teórico e prático na área de gestão de resíduos sólidos, meio ambiente, gestão ambiental e sustentabilidade.  

 

 

O setor de gestão de resíduos necessita cada vez mais de profissionais que conheçam os conceitos e definições da área, saibam executar as orientações previstas na legislação e possuam a capacidade técnica de diagnosticar e propor soluções para uma gestão adequada dos resíduos sólidos de forma a auxiliar na regularização das atividades geradoras de resíduos, desta forma contribuindo para a proteção da saúde pública e do meio ambiente.

 

Capacitar e atualizar o aluno sobre os diversos aspectos relacionados à Gestão de Resíduos Sólidos, a partir da compreensão dos conceitos, definições e também das principais legislações e procedimentos relacionados à gestão de resíduos sólidos, que servirão de base para a elaboração dos Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Desenvolver um pensamento crítico sobre os aspectos atuais relacionados aos padrões de consumo e geração de resíduos, e seu correto gerenciamento, de forma a contribuir para a proteção da saúde pública e do meio ambiente.

 

1 – Conceitos e definições sobre Resíduos Sólidos 

 

1.1 – O papel do consumo na geração de resíduos

1.2 – Riscos, impactos e problemas ambientais associados à má gestão dos resíduos sólidos

1.3 – Conceito dos Rs da sustentabilidade

1.4 – Tipos de Destinação X Disposição Final (Onde descartar meus resíduos?)

1.5 – O gerenciamento dos resíduos sólidos no Brasil

2 – Gestão dos Resíduos Sólidos

2.1 – Leis e normas gerais para o gerenciamento dos resíduos sólidos 

- O papel do licenciamento ambiental na gestão dos resíduos sólidos

 - Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei n° 12.305/10) – Classificação, Responsabilidade Compartilhada, Logística Reversa e os Projetos de Lei que desejam alterar sua estrutura

 - Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/1998) – infrações, multas e penalidades relacionadas à gestão dos resíduos sólidos

- Lei de Infrações Sanitárias (Lei nº 6.437/1977)

- Lei de Saneamento Básico (Lei n° 11445/2007)

- Resíduos Perigosos – Conv. Basiléia (Transporte transfronteiriço – Dec. Fed. 875/93)

- Biossegurança e Saúde do Trabalho – Normas Regulamentadoras MTE(NR) n° 6, 9, 15 e 32

- Normativas ABNT– 7500 (simbologia e transporte), 10004 (Classificação de resíduos sólidos), 10007 (Amostragem de resíduos sólidos), 10005 e 10006 (lixiviado e solubilizado), 9191 (Sacos acondicionamento), 12235 (Armazenamento Resíduos Perigosos), 14725 (FISPQ)

- Manifesto de Resíduos (DZ INEA 1310)

 

2.2 – Resíduos Comuns/Extraordinários 

2.2.1 – Leis e normas específicas

- CONEMA n° 55/2013 (Coleta Seletiva Simplificada), Lei 3273/2001 (Grandes geradores), Lei 6408/2013 (Coleta seletiva residencial)

2.2.2 – Gerenciamento – Coleta Seletiva, Minimização, Reaproveitamento, Reciclagem, Compostagem, Catadores e Cooperativas

2.2.3 - Planejando e implementando a coleta seletiva

2.3 – Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) 

2.3.1 – Leis e normas específicas

- CONAMA n° 358/2005 (RSS), ANVISA nº 306/2004 (RDC), INEA n° 50/2012 (Resíduos de Serviço de Saúde), ABNT 12807 a 12810 (Classificação, manuseio e coleta RSS) e 13853 (coletores perfurocortantes), CNEN 6.05 (Resíduos radioativos)

2.3.2 – Conduta ética do profissional de saúde na gestão dos RSS

2.3.2 – Gerenciamento dos RSS – Classificação, Minimização, segregação, coleta, armazenamento, tratamento, transporte e destinação

2.3.3 – Implementação do PGRSS

2.3.4 – Monitoramento/Indicadores PGRSS

 

2.4 – Resíduos da Construção Civil (RCC)

2.4.1 – Leis e normas específicas

- CONAMA 307/2002 e CONAMA Nº 448/2012 (Gerenciamento RCC), SMAC 519/2012, 604/ 2015 (PGRCC), SMAC 497/2011 (Supressão Vegetação), Decreto SMAC 33971/2011 (Utilização de agregados reciclados).

2.4.2 – Gerenciamento dos RCC – classificação, minimização (reaproveitamento e reciclagem), segregação, armazenamento, transporte e destinação

2.4.3 – Implementação do PGRCC

2.4.4 – Monitoramento/Indicadores do PGRCC

3 – Dinâmicas e Práticas

3.1 - Elaboração de um Plano de Gerenciamento de Resíduos

3.2 - Dinâmicas de Gestão de Resíduos Sólidos

3.3 - Planejamento e Implementação de  Coleta Seletiva

3.4 - Conceitos teóricos e práticos sobre a técnica de Gravimetria

 

 

 

 

Esp. Daniel Viggiano Lago

 

Biólogo especialista em Meio Ambiente, Pós-graduado em Gestão Ambiental pela Escola Politécnica da UFRJ/PNUMA, Responsável Técnico da Evolutis Soluções Ambientais. Possui experiência na área de gestão de resíduos e implementação de protocolos de qualidade e biossegurança em laboratórios de pesquisa na FIOCRUZ- RJ; integrou a equipe técnica do projeto Observatório da Coleta Seletiva Solidária (CEPERJ-INEA); analista ambiental do ICMS ECOLÓGICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, experiência na elaboração de Planos de gerenciamento de Resíduos, Implementação de Coleta Seletiva e licenciamento ambiental. 

 

 

MSc. Emiliano de Angelis Reis

 

Biólogo e Mestre em Ciências Biológica do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA-AM), Cursou o curso de Capacitação em Gerenciamento de Resíduos de Saúde pela UNB- DF. Possui experiência na área de Zoologia e Gestão Ambiental na qual elaborou inventário florestal com elaboração de EIA/RIMA para aeroporto internacional do Galeão – RJ e Laudo de Cobertura vegetal do Aeroporto Santos Dumont, RJ, participou da Elaboração de Planos de Gerenciamento de Resíduos e Licenciamento ambiental. Coordenador na Coordenadoria de Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais na Fundação CEPERJ, atuando em projetos na área de políticas públicas de meio ambiente como a o projeto Observatório da Coleta Seletiva Solidária do Estado do Rio de Janeiro em colaboração com o Programa de Coleta Seletiva Solidária desenvolvido pelo INEA, pesquisador responsável pela análise, avaliação e consolidação dos dados do ICMS ECOLÓGICO do estado do Rio de Janeiro, encontra-se nomeado pela fundação CEPERJ como Suplente para a Comissão do Zoneamento Ecológico- Econômico do Estado do Rio de Janeiro.

MSc. Luiz Carlos Fonte Nova de Assumpção

Engenheiro Químico formado pela UERJ em 2005, Mestre em Química, com ênfase em Química Ambiental pela mesma instituição em 2008. Especialista em SMS em Obras de Engenharia de Construção e Montagem pela UFF/Prominp em 2010. Doutorando em Química (ênfase em Química Ambiental) também pela UERJ. Possui 10 anos de experiência na área de Petróleo & Gás, tendo atuado em empresas como PETROBRAS e HALLIBURTON. Possui experiência também nas áreas de Docência, Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), Engenharia de Processos e Consultoria de Projetos. Tem atuado como Analista Ambiental, na realização de Auditorias Ambientais, na elaboração de Inventários de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), Inventários de Resíduos Sólidos Industriais, estudos de Análise de Risco e Pareceres Técnicos na área Ambiental. Possui 3 anos e 10 meses de experiência como Docente em Disciplinas de Cursos Técnicos, Graduação e MBAs nas áreas de Petróleo & Gás, Meio Ambiente e Energia.

MSc. Tatiana Freitas Valle

Arquiteta e Urbanista, formada pela FAU/UFRJ em 2006. Mestre em Planejamento Ambiental obtido pelo PPE/COPPE/UFRJ em 2009. Atualmente, é doutoranda do PROURB/UFRJ, Conselheira do CONEMA pelo IAB, Professora de disciplinas ambientais e urbanas de MBAs da Estácio de Sá e participa do grupo de pesquisa do Laboratório de Estudos de Águas Urbanas (Leau) do PROURB. Trabalhou por quatro anos no Instituto Estadual do Ambiente (Inea) como assessora técnica aos municípios do Estado do Rio de Janeiro, participou da elaboração do Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Rio de Janeiro (PERS) junto à Superintendência de Políticas de Saneamento na Secretaria de Estado do Ambiente - SEA. Ministrou cursos na Universidade Corporativa da CEDAE. Trabalhou como pesquisadora no Instituto Virtual Internacional de Mudança Globais - IVIG, da COPPE/UFRJ, entre outras experiências.

MSc. Carolina Andrade

Arquiteta e Urbanista formada pela EAU/UFF, Mestre em Engenharia Ambiental pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ. Consultora em projetos, cursos de capacitação e elaboração de material técnico e didático relacionados à gestão de resíduos sólidos em empresas, eventos e órgãos públicos. Trabalhou por quatro anos no Instituto Estadual do Ambiente (Inea), prestando assessoria técnica aos municípios para implantação do coleta seletiva solidária e como apoio técnico à Superintendência de Políticas de Saneamento da Secretaria de Estado do Ambiente - SEA. Na Conferência Rio+20, em 2012, compôs a equipe de Sustentabilidade e elaborou e coordenou a implantação do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos dos 7 espaços oficiais do evento. Em 2013 participou da Copa da Confederações do Estádio Nacional de Brasília como especialista em gestão de resíduos sólidos, elaborando e coordenando a implantação do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos. Nas Olimpíadas e Paralimpíadas Rio 2016 atuou como Gerente de Limpeza e Resíduos, coordenando diretamente a operação de limpeza e gestão de resíduos do Centro Olímpico de Hipismo.

PROFESSORES 

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro- UERJ

Rua São Francisco Xavier, 524, Rio de Janeiro - RJ. 

LOCAL DO CURSO

15%

DE DESCONTO

PARA ESTUDANTES!!!*

R$: 212,50 reais

10%

DE DESCONTO

PARA PROFISSIONAIS*

R$: 225 reais

INSCRIÇÕES
As inscrições estão abertas até 03 de maio de 2017.
O pagamento (sem os descontos) poderão ser efetuados até o 
dia 03 de maio de 2017.
Informações: 96500-3667 / 98465-8986
3592-2881
Vagas limitadas!!!
*Descontos  válido para pagamento
à vista via depósito bancário até o dia
03 de maio!
Instruções para a inscrição 

1) Preencha e envie sua ficha de inscrição: CLIQUE AQUI!!!

 

2) Realize o PAGAMENTO via DEPÓSITO BANCÁRIO no Banco Itaú

e  ​​​​envie um e-mail com o comprovante bancário anexado ou

foto legível para: cursos@evolutisolucoes.com.br 

3) Ou Realize o PAGAMENTO via Pelo Cartão de Crédito pelo

PagSeguro em 2 x sem juros e envie um e-mail com o

comprovante bancário anexado ou foto legível

para: cursos@evolutisolucoes.com.br 

 
 
 
 
   FORMAS DE PAGAMENTO

 

1- Depósito em conta:

    Banco Itaú

​Conta Corrente: 09270-7

Agência: 0706

Favorecido: Evolutis Soluções em Gestão de Resíduos LTDA

CNPJ: 22.445110/0001-08

​2 - Cartão de crédito em até 2 vezes sem juros (PagSeguro):

POLÍTICA DE CANCELAMENTO DE INSCRIÇÕES

 

  • No caso da necessidade de cancelamento da inscrição no curso, o inscrito precisará entrar em contato através do e-mail: cursos@evolutisolucoes.com.br, colocando no assunto do e-mail: SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DE INSCRIÇÃO, em até 3 dias antes da data de realização do Curso O cancelamento solicitado pelo inscrito, com menos de 3 dias de antecedência da data de realização do curso, não implicará na devolução do valor pago na inscrição, a devolução será de 50% do valor pago na inscrição em até 15 dias úteis após a solicitação de cancelamento.

      A organizadora se reserva no direito de cancelar a atividade até 3 dias antes da previsão de início, por          falta de quorum mínimo, ou motivos de força maior. 

 

  • O Cancelamento do curso por parte da Evolutis Soluções Ambientais implicará na devolução de 100% do valor pago pelo aluno. 

Evolutis Soluções Ambientais

Flamengo, Rio de Janeiro

21 98761-6571

21 99481-4775

Conecte-se com a Evolutis

  • Facebook
  • Instagram ícone social
  • Blogger ícone social
  • YouTube